Eu sempre quis ir embora
Eu nunca quis ficar
Pensamentos iam
Pensamentos vinham
E eu sempre estava no mesmo lugar

Aquela vida de sempre
Sempre fui levando
Fui me acostumando a não reclamar
Agora estou cansada
Não penso em mais nada
Vou seguindo até tudo mudar

1 comentários:

alfabeta disse...

Lindos versos.
Tá falando da monotonia de Itaguaí?
Beijos. :)

Postar um comentário